Vacinação contra a gripe começa nesta segunda

         A campanha de vacinação contra a gripe (Influenza) começa nesta segunda-feira, dia 12 de abril. Em Francisco Beltrão a coordenação é da secretaria municipal de Saúde. Inicialmente serão vacinadas as gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), crianças com idade de 6 meses até 5 anos e trabalhadores da saúde. No decorrer da campanha outros grupos serão beneficiados. O município recebeu 3.100 doses para iniciar a vacinação. 

        O secretário Manoel Brezolin, da Saúde, explica que a vacina estará disponível nas unidades de saúde, com exceção das localizadas nos bairros Alvorada, Padre Ulrico, Cantelmo, São Francisco e São Cristóvão. Moradores destes bairros devem se dirigir a outras unidades. 

       O objetivo da vacina contra a gripe é prevenir complicações, internações e óbitos. Neste primeiro grupo estão os profissionais da saúde que também estão recebendo a vacina contra a covid. O secretário alerta que quem tomou a vacina da covid, precisa esperar 14 dias para receber a imunização contra a gripe. 

       É a primeira vez que os idosos não estão na primeira etapa da vacinação da Influenza. De acordo com o Ministério da Saúde, neste momento a prioridade é vaciná-los contra a covid. Por isso a meta no início da campanha contra a Influenza é priorizar as crianças e gestantes que ainda não foram imunizados contra a covid e precisam de proteção. 

Próximas etapas

       A primeira etapa começa nesta segunda-feira, dia 12 e prossegue até 10 de maio. Na segunda fase, de 11 de maio a 8 de junho, serão incluídos idosos a partir de 60 anos e professores das escolas públicas e privadas. 

       Na terceira etapa, de 9 de junho a 9 de julho, devem se vacinar pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade, adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.     




Skip to content