UPA recebe equipamentos da usina de oxigênio

Secretário de Saúde Manoel Brozolin, Prefeito Cleber Fontana e Adriana Manfredi, coordenadora da UPA

      Os equipamentos da usina de oxigênio que será instalada na UPA 24 Horas de Francisco Beltrão chegaram nesta terça-feira (30). O prazo para a instalação é de dois dias. A administração municipal investiu cerca de R$ 250 mil na aquisição dos equipamentos de uma indústria de Porto Alegre. O prefeito Cleber Fontana, o secretário de Saúde Manoel Brezolin e a coordenadora da UPA, Adriana Manfredi, acompanharam o descarregamento. 

       “Com a instalação de usina, a nossa UPA deixa de correr risco da falta de oxigênio não só agora durante a pandemia, mas também no futuro, pois será mantida em funcionamento de forma permanente, gerando tranquilidade para os pacientes e economia para a prefeitura”, disse o prefeito. Cleber também citou que não teve falta de oxigênio, mas a sua utilização na UPA aumentou cinco vezes nas últimas semanas devido a pandemia. 

       O espaço físico onde a usina está sendo instalada foi construído por servidores da prefeitura. A capacidade de produção será de 4.8 m3 de oxigênio por hora, suficiente para atender a demanda da UPA, fazer a recarga dos cilindros usados nas ambulâncias do município e dos cilindros das residências de pacientes acompanhados pela saúde pública. 




Skip to content