Empresas terão fiscais para cuidar da prevenção da Covid-19

           Decreto assinado pelo prefeito Cleber Fontana determina que as empresas de Francisco Beltrão que tenham a partir de 50 funcionários devem ter um fiscal em cada turno de trabalho para acompanhar o cumprimento de todas as medidas de prevenção do coronavírus. A pessoa indicada será orientada e receberá treinamento da secretaria municipal de Saúde. O trabalho deverá ser voluntário.

        “O objetivo é incrementar o acompanhamento do cumprimento de todas as normas de segurança, pois somente desta forma conseguiremos evitar a disseminação da doença”, explica Manoel Brezolin, secretário municipal de Saúde. A adoção da medida tem o aval do comitê de enfrentamento da Covid-19 no município.

       O secretário explica que os supervisores da secretaria vão acompanhar a atuação dos fiscais. Se houver descumprimento das determinações ou outras situações, o fiscal deverá repassar para os supervisores. Manoel relata que empresas com um número menor de colaboradores que queiram indicar fiscais também poderão fazê-lo. No entanto, a partir de 50 funcionários a iniciativa é obrigatória.

      “Os fiscais terão uma função importante para cobrar que todos os equipamentos de prevenção sejam disponibilizados aos empregados e que todos usem esses equipamentos”, relata o secretário. Ele reforça que não só no trabalho, mas em todos os ambientes as pessoas devem tomar os cuidados necessários, pois cada vez mais aumenta a circulação do vírus. Medidas como usar máscara, lavar as mãos constantemente e evitar aglomerações são fundamentais para evitar o contágio da doença.

      Ainda em relação ao fiscal na empresa, a medida é válida para todas as pessoas jurídicas que tenham a partir de 50 colaboradores, incluindo  a indústria, o comércio, prestados de serviços e outros ramos. O cumprimento das determinações do decreto será feito pela Vigilância Sanitária.




Skip to content