Prefeitura socorre agricultores com água

       A crise hídrica devido a falta de chuvas se agrava diariamente em Francisco Beltrão e na Região. No interior do município, além dos prejuízos nas mais diversas culturas, muitas propriedades estão sem água até para os animais. Os pedidos de apoio para a prefeitura aumentam diariamente.

       De acordo com o secretário Claudio Borges, de Viação e Obras, o problema da falta de água se concentra principalmente nas comunidades de Santo Isidoro, KM 23, KM 26, Linha Cerne, Linha Jandira e Rio Ligação. “Estamos atendendo agricultores de todas estas comunidades, mas o problema vem se agravando de tal forma que não estamos mais conseguindo atender a demanda”, relata Borges.

       São quatro caminhões pipa usados pela prefeitura exclusivamente para atender o interior do município. Cerca de 100 mil litros de água estão sendo transportadas todos os dias. A captação está sendo feita no Lago das Torres, onde o nível permanece inalterado. Somente chuvas em bom volume poderá amenizar o problema.

Emergência Hídrica

       Nesta semana o Governo do Estado decretou situação de emergência hídrica nas regiões Sudoeste e Metropolitana de Curitiba. O decreto 7.554/21 tem validade de 90 dias e é assinado um ano após medidas semelhantes terem sido adotadas para minimizar os impactos da crise hídrica, que se estende há pelo menos dois anos. A iniciativa busca agilizar processos para garantir o abastecimento e a qualidade da água consumida pela população.




Skip to content