Professora da Rede Municipal de Beltrão se destaca em concurso nacional de educação

A professora Lidiane Possamai, formada em pedagogia, mestranda em educação  e que atua rede municipal de ensino de Francisco Beltrão desde 2017, na Escola Municipal Madre Boaventura do bairro São Miguel, está entre as melhores do Brasil na premiação do “Educador Nota 10”. O concurso da Fundação Roberto Marinho e das editoras Globo e Abril existe desde 2008. Foram inscritos 3.761 projetos de profissionais da educação de 19 estados e Lidiane está entre os 50 melhores. Na próxima etapa serão classificados os 10 melhores.

        O trabalho de excelência coordenado pela professora Lidiane foi desenvolvido em 2019 com os alunos do 2° ano A da Escola Madre Boaventura. Trata-se do projeto intitulado “Mensagens viajantes, costurando histórias, desdobrando memórias”, objetivando desenvolver a leitura e a escrita como agentes da comunicação. Além da interdisciplinaridade, o gênero textual através de cartas foi a base do trabalho.

        A dinâmica do projeto exigia a interação com culturas de diferentes regiões. Dessa forma foram viabilizadas parcerias em dois estados, com turmas do 2º ano. Da cidade de Guimarânia, Minas Gerais, a interação foi com a professora Edilaine Araújo Moreira, da Escola Municipal Monsenhor Sebastião Fernandes. De Salvador, Bahia, com a professora Neide Klippel, da Escola Municipal Álvaro Vasconcelos da Rocha.

Interação com cartas e cultural

       Das atividades realizadas no projeto, a troca de cartinhas entre os alunos foi a principal experiência. Cada criança escreveu duas cartinhas que foram enviadas pelos Correios para alunos das escolas participantes. Junto com as cartinhas, foi remetida uma caixa cultural, com objetos e elementos que representam a cultura da região. Os alunos da professora Lidiane contaram com o apoio da coordenação, direção da escola, famílias e da equipe dos Correios.

        Foram enviadas para a Bahia e para Minas Gerais as cartinhas e as caixas contendo  pinhão,  cuia de chimarrão,  erva mate e galhos de Araucária,  representando o Estado do Paraná. Da mesma forma os estudantes beltronenses receberam as caixas da Bahia e de Minas com produtos típicos daquelas regiões, além das cartinhas destinadas para cada aluno da turma. Além disso foi feita uma  videoconferência entre as 3 turmas.

       Devido ao sucesso da iniciativa, a professora decidiu escrever o seu projeto no “Educador Nota 10” e nesta semana foi informada que seu projeto está classificado entre os 50 melhores do país. Ela se mostrou surpresa com a classificação e divide o reconhecimento com todos os envolvidos no projeto. Agora aguarda a nova etapa. Independente do resultado final, a professora Lidiane é considerada uma vencedora e tem total reconhecimento da administração municipal, da secretaria municipal de Educação e da equipe gestora da escola.  




Skip to content