PRODER incentiva a proteção de nascentes de água

      Uma tarde de campo com a participação de produtores rurais e de técnicos, realizada quinta-feira (28) na comunidade de Santo Agostinho, interior de Francisco Beltrão, marcou o início dos trabalhos práticos do projeto municipal de proteção e recuperação de nascentes de água no meio rural. A iniciativa é da prefeitura, por meio do Proder (Programa Municipal de Desenvolvimento Rural), da secretaria municipal de Agricultura.

       A atividade foi na propriedade de Cleverson Grohalski e teve o acompanhamento do prefeito Cleber Fontana, dos secretários Claudimar de Carli (Agricultura), Adriano David (Meio Ambiente) e Alaércio Corazza (Chefe de Gabinete) e do coordenador do Proder, Antonio Cezar Soares.

      Na conversa com os agricultores, o prefeito falou sobre a amplitude do programa e dos incentivos que estão sendo concedidos pela prefeitura. “Este programa tem o objetivo de melhorar a vida dos nossos agricultores. Vamos ajudar a mudar realidade das propriedades, o que vai aumentar a renda dos nossos produtores”, relata Cleber.

       Também esclareceu que a questão da água é um dos incentivos do programa, Já que o Proder atuará em todas as áreas, oportunizando a diversificação da produção e a criação de novas fontes de renda. “Também é uma maneira de incentivar a permanência dos jovens no meio rural, dando sequência na sucessão familiar”, enfatiza o prefeito.

        Antonio Cezar explica que o modelo de recuperação de fontes é simples e de baixo custo. Os materiais são custeados pela prefeitura e os agricultores participam com a mão de obra. “Repassamos a parte técnica de implantação e na sequência os produtores beneficiados podem auxiliar os seus vizinhos, com a nossa supervisão. Queremos recuperar mais de 100 fontes nesta primeira etapa”, diz Antonio.      

       A proteção é feita com a utilização de um tubo de concreto com 20 centímetros de diâmetro (modelo Caxambu), rachões e lona plástica para impermeabilização. A próxima etapa é a recuperação da vegetação no entorno da fonte, inclusive com no plantio de mudas de árvores produzidas no Viveiro Municipal. A análise da água será realizada de forma permanente para verificar a qualidade. O Proder está sendo desenvolvido em 14 comunidades já conta com mais de 200 agricultores cadastrados.




Skip to content