Inspeção sanitária de Beltrão será modelo em Tocantins

26 de agosto de 2022

       Uma comitiva técnica do Governo do Estado de Tocantins esteve em Francisco Beltrão nesta sexta-feira (26) para conhecer o Serviço de Inspeção sanitária realizado pela prefeitura, que se tornou referência para o Brasil. O objetivo é levar o modelo para aquele estado.

         Eles participaram de reuniões técnicas, visitaram diversas agroindústrias do setor de alimentação e também foram recebidos pelo prefeito Cleber Fontana, acompanhado do secretário municipal de Agricultura, Claudimar de Carli, e da chefe do núcleo regional da secretaria estadual de Agricultura, Denise Chiapetti Adamchuk.

         “Viemos a Francisco Beltrão para verificar pessoalmente todo o trabalho que é realizado nesta área. Nossa meta é levar este modelo para o nosso estado para avançarmos na área de inspeção sanitária”, explica Kênia Camilla Luz Lellis, engenheira de alimentos da secretaria estadual de Agricultura de Tocantins.

      O médico veterinário Sidney Pasqualetto Junior, chefe do Serviço de Inspeção Municipal da Prefeitura de Francisco Beltrão, relata que é um orgulho este reconhecimento. “Nosso serviço de inspeção municipal tem recebido investimentos constantes e conseguido muitos avanços. Graças ao apoio que temos da administração municipal, o empenho e comprometimento da nossa equipe, hoje temos reconhecimento nacional”, comenta o veterinário.

       A comitiva integra a Câmara Técnica do SUSAF de Tocantins (Sistema Unificado estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte) e é composta pelas engenheiras de alimentos Kênia Camila Luz Lellis, da secretaria estadual de Agricultura, Gabriela Sousa Barros, do Instituto de Desenvolvimento Rural de Tocantins (Ruraltins), pelo médico veterinário Jean Paulo Galletti, da Agência de Defesa Sanitária (Adapec), além do motorista Marcelo dos Santos.

       Além do contato com o prefeito Cleber, com o secretário Claudimar, e com a chefe da SEAB Denise, eles foram acompanhados pelo médico veterinário Sidney Pasqualetto Júnior, chefe do Serviço de Inspeção Municipal, e as médicas veterinárias Viviane Iunes Raimann e Beliza Elis de Oliveira, da Adapar.




Skip to content