Cultura Promove Seminário OnLine Sobre Lei Aldir Blanc

Nesta quinta-feira, 02, foi realizado o Seminário Online Lei Aldir Blanc, promovido pela Superintendência-Geral da Cultura da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura (SECC) do Paraná. Participaram representantes dos municípios da Macrorregião Sudoeste. O diretor do Departamento Municipal de Cultura de Francisco Beltrão, Vilmar Mazzetto, e os servidores da Cultura, Gabriel Elvas e Maria Zuleica Chaves, participaram da reunião.

Os representantes de Francisco Beltrão participaram da reunião na casa do diretor Vilmar, que está trabalhando em home office. Ele realizou uma pequena cirurgia bucal na quarta-feira (01), mas continua trabalhando e acompanhando as decisões das esferas federal e estadual.

A superintendente-geral da Cultura, Luciana Casagrande Pereira, apontou os caminhos de como criar os mecanismos necessários para estabelecer os Sistemas Municipais de Cultura. Depois foi aberta a palavra para contribuição dos dirigentes públicos de cultura que foram ouvidos, apresentando as demandas que são específicas para cada região do Estado. Assim que os recursos forem repassados acontecerão os encaminhamentos para garantir que os valores cheguem até os trabalhadores do setor cultural de cada município do Paraná.

O Seminário é voltado aos dirigentes públicos de cultura e foram agendadas com cada uma das oito macrorregiões do Estado. O objetivo é iniciar um diálogo com os municípios sobre a implementação da Lei Aldir Blanc e ouvir as demandas dos dirigentes para o fomento do setor cultural em suas regiões. Chamada de Lei Aldir Blanc em homenagem ao artista que morreu de Covid-19, o projeto prevê uma renda emergencial para os trabalhadores do setor, subsídios mensais para manutenção dos espaços culturais e outros instrumentos como editais, chamadas públicas e prêmios. O Paraná deverá receber cerca de R$ 150 milhões provenientes do Fundo Nacional de Cultura. O texto foi sancionado na segunda-feira (29/06).




Skip to content