IPTU 2017

17 de fevereiro de 2017

CAPA IPTUA entrega dos carnês do IPTU de 2017 em Francisco Beltrão será iniciada no dia 1º de março, às 12h00, no Espaço da Arte. A partir daí os contribuintes podem procurar o local para apanhar o carnê de segunda a sexta-feira, no horário das 08h00 às 20h00, ininterruptamente, inclusive no horário de almoço, visto que duas equipes do setor de finanças da prefeitura se revezarão para prestar o atendimento.

Estão sendo confeccionados 31.542 carnês, com previsão de arrecadação de R$ 19,2 milhões. O vencimento é 15 de março, com desconto de dez por cento (10%) no pagamento à vista. O imposto também pode ser parcelado em duas, quatro ou seis vezes, sem o desconto. A primeira parcela também deve ser quitada até o dia 15 do próximo mês.

O diretor de Administração Tributária da secretaria municipal de Finanças, Adair Perdomo Falcão, informou que a entrega dos carnês seria feita pelos Correios, mas alguns fatores fizeram com que houvesse atraso na confecção dos carnês, resultando na alteração.

Ele cita problemas técnicos com o sistema tributário, mudanças no padrão dos boletos, com o fim dos boletos sem registro, atendendo determinação da Federação Brasileira de Bancos, e também a demora da confecção dos carnês na gráfica, localizada em Belo Horizonte. Esta gráfica venceu a licitação realizada em outubro do ano passado para a produção dos carnês.

Para retirar o carnê a pessoa deve comparecer no Espaço da Arte a partir de 1º de março portando identidade ou CPF. Carnês de exercícios anteriores podem ser usados como comprovante. O contribuinte também pode imprimir o carnê pela internet, através do site da prefeitura (www.franciscobeltrao.pr.gov.br).

Adair enfatiza que o atraso no início da entrega, previsto inicialmente para meados de fevereiro, não deve acarretar problemas para os contribuintes, pois serão duas semanas para a adoção da medida. Também informa que a mudança vai trazer uma economia de R$ 53 mil para a prefeitura. Este valor seria utilizado para o pagamento do serviço dos Correios para fazer a distribuição.




Skip to content