Definidas as empresas da nova incubadora tecnológica de Beltrão

Foram definidas as oito primeiras empresas que utilizarão a nova incubadora tecnológica da Prefeitura de Francisco Beltrão. A avaliação dos projetos inscritos foi feita por uma banca, tendo na coordenação os secretários Alexandre Pécoits, do Planejamento, responsável pelo setor de ciência, tecnologia e inovação do município, e Inácio Pereira, do Desenvolvimento Econômico.

      As obras da estrutura física da nova incubadora estão na fase final, no Parque de Exposições Jayme Canet Júnior. O projeto da administração municipal tem parceria com o Governo do Estado, por meio da Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Também conta com apoio do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação. As empresas selecionadas se inscreveram por meio de edital público e apresentaram suas propostas de trabalho.

       De acordo com Alexandre Pécoits, os projetos passarão por um roteiro de pré-incubação ou incubação, de acordo com o seu grau de maturidade e desenvolvimento. “Acreditamos no sucesso de todos os projetos apresentados, daremos todo o suporte e estrutura necessários, mas os avanços dependem de cada empresa selecionada”, explica o secretário.

         Ele também agradece a participação e apoio de todos os segmentos que integram a banca de seleção e de acompanhamento. Na sua visão é uma grande contribuição para o avanço tecnológico do município. Integram esta comissão as secretarias municipais de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Educação, Associação Empresarial, Sebrae, Unioeste e UTFPR.




Skip to content