Banco do Empreendedor de Beltrão bate recordes

Agentes de crédito Evandro e Luciana com o eletricista Julio Cesar

      No ano de 2020, devido a pandemia, o Banco do Empreendedor, coordenado pela administração municipal de Francisco Beltrão, se readaptou a nova realidade para continuar apoiando as pequenas empresas do município. Diante da inesperada situação, a procura por parte dos empreendedores cresceu e as concessões de crédito foram as maiores da história, pois os recursos foram fundamentais para a manutenção das atividades produtivas e os empregos.

       Neste início de 2021 o movimento permanece aquecido e já foram liberados sete projetos de microcrédito e um de correspondentes, com a aplicação de R$ 100 mil. Um dos beneficiados é o eletricista e encanador Julio Cesar (foto), que utilizará o crédito para a aquisição de máquinas e equipamentos. O profissional é Microempreendedor Individual e já viabilizou o seu segundo crédito. 

           “Vocês não imaginam a importância deste incentivo, pois com microcrédito barato podemos investir e melhorar cada vez mais a nossa atividade. Eu estou muito contente e recomendo que quem precisar deve procurar o Banco do Empreendedor para ter o auxílio que necessita”, relata Julio. 

          Atualmente a carteira do Banco do Empreendedor está com R$ 14,6 milhões, dinheiro que movimenta a economia dos pequenos empreendedores que são responsáveis pela geração de 2.300 empregos diretos no município.          O Banco do Empreendedor funciona em anexo à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, no Parque de Exposições Jayme Cante Júnior. O atendimento é prestado pelos agentes Luciana Dani, Itacir Rovaris e Evandro Wessler. Informações complementares pelo telefone (46) 3524-4237.




Skip to content