João Beltrão comemora 50 anos 

20 de janeiro de 2023

A Casa de Passagem da Prefeitura de Francisco Beltrão teve mais um momento especial nesta semana, preparado pela equipe da secretaria Municipal de Assistência Social e os colaboradores que trabalham no local. Trata-se da comemoração dos 50 anos de João Beltrão, que reside na Casa desde 2014. Ele ganhou bolo, refrigerante e até presente.

       Ele era popularmente chamado “João’’ ou ‘’Joãozinho’’ até que, reconhecidamente em documentos oficiais, passou a ser João Beltrão. Está acolhido na Casa de Passagem desde 21 de janeiro de 2014, data que ficou registrada em seus documentos pessoais como sendo sua data de nascimento.

       Valtemir Gomes, Assistente Social da Casa de Passagem e que na época acompanhou o acolhimento enquanto técnico do CREAS, conta que quando foi localizado morava numa barraca improvisada às margens da rodovia, na saída para Dois Vizinhos. Ele já era conhecido como “João” por populares que lhe davam suporte, em especial os funcionários de um posto de combustível próximo do local.

       Porém ele não portava nenhum tipo de documento e dada a dificuldade de se expressar, não foi possível obter informações que pudessem identificar suas origens ou algum familiar. Através de uma avaliação feita por um médico psiquiatra  a sua idade foi estimada. Além disso, mantendo o nome já conhecido o médico sugeriu o sobrenome Beltrão. A partir daquele momento essa história ganhou uma nova página.

      Em uma conjugação de esforços de diversos órgãos do Sistema de Garantia de Direitos, com destaque para os da Área da Assistência Social e da Saúde, foi possível o êxito na superação da sua situação de rua. Também, através de inúmeras intervenções profissionais e com amplo apoio do Ministério Público, CREAS e do CAPS-AD, foi possível a obtenção dos documentos pessoais, possibilitando que o mesmo exerça a sua cidadania.

       Desde então a Casa de Passagem é considerada a sua própria casa e os servidores que nela atuam, a sua família. João Beltrão esbanja simpatia, é muito querido por todos que passam na Casa de Passagem e um dos seus hobbys é andar de bicicleta.

       “Quem é? Qual sua real história?  De onde veio? Para onde iria? Isso ainda não descobrimos. Porém, sabemos onde ele está e continuará, “conosco”, acrescenta Valtemir. João Beltrão é, orgulhosamente, um cidadão de Francisco Beltrão.




Skip to content