Beltrão celebra o 18 de maio com palestras e debates

18 de maio de 2022

       O Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e a Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, 18 de maio, foi celebrado em Francisco Beltrão com um evento no Espaço da Arte e a distribuição de material de orientação para a população. A iniciativa é da prefeitura, através da secretaria municipal de Assistência Social, e entidades parceiras.

         A data lembra o ocorrido com a menina Araceli Cabrera Sanches, de 08 anos, que em 1973  foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba. Na época o silêncio de muitos decretou a impunidade dos criminosos. Sua morte, contudo, ainda causa indignação e revolta.

       As atividades realizadas nesta data visam manter viva a memória nacional, reafirmando a responsabilidade da sociedade brasileira em garantir os direitos de todas as crianças e adolescentes.

     Após a abertura oficial foi composta a mesa temática, intitulada: “A rede de proteção articulada no enfrentamento a violência sexual contra crianças e adolescentes”, tendo as contribuições de profissionais atuantes em diferentes espaços, trazendo informações dividas em quatro apresentações.

        Foram apresentados dados relativos à violência sexual contra crianças e adolescentes do nosso município e o fluxo de atendimento a criança e adolescente vítima de violência sexual, até 72h e após 72h do ocorrido; o protocolo de interrupção da gravidez nos casos de abuso sexual; o funcionamento da escuta especializada e o instrumental de revelação espontânea; a violência sexual e os possíveis sinais para sua identificação.

         Os temas foram abordados pela Assistente Social da Vigilância Socioassistencial da secretaria municipal de Assistência Social, Sueza Oldoni da Motta; pela Assistente Social do Hospital Regional do Sudoeste, Mônica Pereira; pela enfermeira da 8ª Regional de Saúde, Edinara Casaril; pela Educadora Social responsável pelos procedimentos de escuta especializada, Nilce Tomazini; e pelo Psicólogo do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Cleverson Rio Branco.

      Durante a abertura compuseram a frente de honra a secretária municipal de Assistência Social, Nádia Bonatto; vereador Quintino Girardi, presidente da Câmara; a coordenadora do CREAS, Claudinéia Cremose; a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Claudia Tonello; o presidente do Conselho Tutelar, Adair Machado; a representante da equipe de Mobilização do Núcleo da Paz; Sueza Oldoni da Motta; e a representante do Ministério Público, Denise Silveira.




Skip to content