Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Educação Ambiental

Atualizado em

Escola Ambiental:

O município de Francisco Beltrão vai ganhar uma Escola Ambiental, a primeira do Sudoeste. O anunciou foi feito pelo prefeito Cleber Fontana durante as comemorações do Dia da Árvore, celebrado em 21 de setembro. “Primeiro iniciamos a obra  para depois fazer o anúncio oficial. Tivemos esse cuidado porque esse projeto já existe há quase 20 anos, mas agora vamos torná-lo realidade”, disse o prefeito. O lançamento oficial aconteceu no final da tarde de sexta-feira (20) na sala de reuniões da prefeitura.

O vereador Silmar Gallina, o Secretário Municipal de Meio Ambiente Adriano Roberto David apresentando o projeto da fachada da Escola Ambiental juntamente com o Prefeito Municipal Cleber Fontana e o sargento Vanderlei da Silva da Polícia Militar Ambiental.

A Escola Ambiental está sendo construída no Parque Ambiental Irmão Cirilo. Os investimentos serão de R$ 800 mil em uma edificação de 504 m2, com diversas salas e um auditório. Também terá uma trilha ecológica com 900 metros de extensão. “Será um espaço para ações de educação ambiental, principalmente para as nossas crianças. A prioridade será a conscientização sobre a importância da preservação da natureza”, destacou o prefeito. A coordenação é da secretaria municipal de Meio Ambiente.

Prefeito Cleber Fontana explicando sobre a obra da construção da Escola Ambiental.

O prefeito também enalteceu a participação da Sanepar, que é parceria do projeto por meio do Fundo Municipal de Meio Ambiente. Participaram do lançamento do projeto, além do prefeito Cleber, o vereador Silmar Gallina, o sargento Vanderlei da Silva, da Polícia Ambiental, Gilson Reis, representando a direção regional da Sanepar, o secretário Adriano David, de Meio Ambiente, Vilmar Rigo, diretor da secretaria, secretários municipais e a imprensa.

Educação Ambiental na prática:

O trabalho de educação ambiental teve inicio em maio de 2019, nas escolas municipais de Francisco Beltrão, com crianças entre 10 e 12 anos. O projeto é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Além de uma palestra abordando um tema ligado ao Meio Ambiente, são realizadas atividades em forma de brincadeiras e jogos para a fixação do conteúdo teórico exposto.

A primeira etapa do projeto tratou de atividades que abordaram a importância dos recursos hídricos e da vegetação na preservação dos corpos de águas. Foram atendidas quinze escolas, totalizando cerca de 710 alunos e 33 professores.

As próximas etapas terão como tema a sustentabilidade e a importância da destinação correta dos resíduos sólidos.

Fotos das escolas e alunos:

Campanha sobre coleta seletiva na região Central de Francisco Beltrão

Na área central de Francisco Beltrão, foi realizada a última etapa da campanha de educação ambiental sobre a separação de lixo. Com o objetivo de melhorar a separação de resíduos recicláveis dos orgânicos, a campanha é coordenada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente juntamente com acadêmicos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), campus local.

Equipes formadas por técnicos da secretaria e acadêmicos da UTFPR distribuíram material com esclarecimentos sobre o que é o lixo orgânico e o reciclável, além da forma correta de destinação. O material orgânico é formado por restos de alimentos, papel higiênico, fraldas descartáveis e papéis contaminados com alimentos ou engordurados. O restante é material reciclável.

Durante toda a semana foram realizadas visitas em residências e no comércio do centro, pois o trabalho já foi realizado nos bairros, com excelente adesão da população. De acordo com o Secretário de Meio Ambiente, Adriano David, atualmente no centro da cidade acontecem os maiores problemas com o lixo.

“Nesta região da cidade a separação não está sendo feita de forma correta e isso dificulta o recolhimento dos resíduos”, explica o secretário. Também lembra que a coleta de material reciclável é feita pela Marrecas Cooperativa de Reciclados – MARCOP e somente a coleta de material orgânico é realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente.