Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Alunos de Beltrão tem acesso a educação financeira

Publicado em

Estudantes dos terceiros anos do ensino fundamental I da Escola Municipal Nossa Senhora do Sagrado Coração do bairro Padre Ulrico, em Francisco Beltrão, onde foi implantado o Programa Escola 2030, estão tendo a oportunidade de participar do projeto de educação financeira, desenvolvido de agosto a novembro deste ano, com a coordenação dos professores Gisele Arendt Pimentel, Daniele Flessak, Élisson Lucio, Iliete Aparecida Balbinotti e Júlia D’Zorzi Rovaris. A culminência do projeto foi conhecer o zoológico da Unisep, em Dois Vizinhos.  

De acordo com a professora Loise Rizzieri, coordenadora do Programa Escola 2030, o projeto trata do uso do dinheiro no mundo, seu significado, sua história e suas características, levando para as crianças a compreensão da importância do dinheiro para a humanidade.

 Além disso, segundo ela, estimula a prática de pesquisa e compartilhamento das informações sobre a moeda brasileira, incentivando o planejamento financeiro e estabelecendo a relação de proporção do valor.

Os alunos produziram cofrinhos de garrafas pet para guardar dinheiro.   Semanalmente faziam a conferência do valor que havia em seu cofrinho e compartilhavam a informação com a turma. O valor armazenado individualmente foi representado simbolicamente no cofrinho da sala, chamado de “banco da turma”.

Conforme Loise, tudo com objetivo de incentivar a compreensão da importância de planejar o investimento do dinheiro. Além do acompanhamento dos professores, os pais também tiveram importante participação. O valor arrecadado pelas crianças foi utilizado para a compra do lanche durante o passeio.

                                              Modelo para o Estado

A iniciativa da administração municipal de Francisco Beltrão, realizada pela secretaria municipal de Educação, mostra que o município sai na frente, tanto que  a partir de 2020 a rede estadual de ensino do  Paraná vai ofertar um projeto-piloto que incluirá a Educação Financeira no currículo do Ensino Fundamental, fruto da parceria entre a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte e o Banco Central. Trata-se do  Programa Aprender Valor, coordenado pela autarquia federal, que tem como objetivo promover noções de Educação Financeira nas escolas.

O intuito é inserir no currículo escolar conceitos básicos de economia e finanças, visando a educação financeira dos alunos, promovendo a aprendizagem do uso consciente do crédito, a redução da inadimplência, a diminuição do endividamento excessivo dos cidadãos, a formação de poupança, entre outros benefícios. O Banco Central justifica o programa com base nos baixos níveis gerais de letramento financeiro da população brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.