Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Incubadora Tecnológica alojará novos empreendimentos

Publicado em

A administração municipal de Francisco Beltrão está realizando a chamada pública para a Incubadora Tecnológica destinada a empreendimentos de base tecnológica (startups). O objetivo do município é fortalecer o Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação.

         A meta é alojar 11 empreendimentos pelo período de 24 meses na nova incubadora que está sendo implantada em um prédio público no interior do Parque de Exposições Jayme Canet Júnior. O espaço físico está sendo reformado e ambientado para atender exclusivamente a incubadora. A conclusão da obra está prevista para março.

       De acordo com o edital, serão acolhidos projetos que envolvam as áreas de Tecnologias da Informação, Energias Renováveis, Tecnologias Abertas, Meio Ambiente e Sustentabilidade, Eletroeletrônico, Mobilidade Urbana e Smart Cyties, Saúde, Educação, Automação e Agroindustrial.

       Podem participar pessoa física – estudante, empreendedor ou profissional que tenha uma ideia para transformá-la em produto ou serviço inovador e que deseja criar e desenvolver sua empresa na incubadora – e pessoa jurídica – empresa ou grupo empresarial que deseja criar e desenvolver produto ou serviço inovador que crie novos produtos ou complemente a linha de produção.

         O Edital pode ser consultado no site www.franciscobeltrao.pr.gov.br onde o interessado tem acesso às informações sobre o processo de seleção e a lista de documentos necessários. A infraestrutura disponibilizada é composta de sala com mesa, cadeiras, armário, computador, telefone compartilhado, ar condicionado, internet, sala de reuniões e trabalho de limpeza.

       Esses serviços são gratuitos no primeiro ano do contrato. A partir do segundo ano será cobrada taxa de manutenção de 50% do valor do salário mínimo vigente. O edital contém as obrigações do empreendedor incubado no que se refere, entre outros aspectos, ao desenvolvimento do plano de trabalho no período, cumprimento dos prazos definidos no cronograma de trabalho e apresentação de plano estratégico no final da vigência do contrato como pré-requisito para a graduação.

        Os projetos inscritos serão avaliados e selecionados por uma banca examinadora composta por membros do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação e especialistas da área a ser analisada. Serão classificadas para incubação as propostas que atenderem todos os requisitos dos critérios obrigatórios, apresentarem as propostas compatíveis com o edital e atingirem a pontuação exigida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.