Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Prefeitura vai implantar o serviço Família Acolhedora

Publicado em

A administração municipal de Francisco Beltrão está ultimando os preparativos para implantar o Serviço Família Acolhedora.  Nesta semana foi realizada uma capacitação dos profissionais da secretaria municipal de Assistência Social que fazem parte da equipe técnica do programa, quando  receberam instruções da  assistente social Neusa Carutti.

Ela implantou o programa em Cascavel e realiza treinamentos em todo o país para capacitar profissionais nos municípios que estão aderindo ao serviço, que será lançado oficialmente pela administração municipal no dia 05 de setembro.

O Serviço Família Acolhedora é voltado para a proteção de crianças e adolescentes em situação de negligência, maus tratos, violência doméstica, abandono, além daquelas que foram afastadas de suas famílias por meio de medida protetiva, conforme preconiza o Estatuto da Criança e do Adolescente.

São famílias ou pessoas que acolhem voluntariamente em suas casas, por um período provisório, crianças e adolescentes, oferecendo proteção integral, convivência familiar e comunitária. Para participar do programa as famílias passam por um processo de seleção, cadastramento e preparação. Também não podem ter cadastro de intenção de adoção.

Os acolhidos são crianças e adolescentes de 0 a 18 anos incompletos, que estão com seus direitos violados ou se encontram em vulnerabilidade social, expostos a ameaça e violação de direitos, cujas famílias não conseguem cumprir sua função de cuidado e proteção.

A família que acolher crianças receberá mensalmente bolsa auxílio no valor de um salário mínimo nacional para cada criança ou adolescente acolhido, durante o período que perdurar o acolhimento. As famílias interessadas em participar do Serviço Família Acolhedora devem entrar em contato pelo telefone (46) 3524-4159 ou dirigir-se à sede do serviço, na avenida União da Vitória, n° 15, bairro Miniguaçu.

Participaram do treinamento a assistente social Ivete Graviolli, coordenadora do serviço em Francisco Beltrão, os educadores sociais Nilce Tomazini e Moacir Belliato, as psicólogas Gislene Hillsheim e Farnanda Abreu Perin e a assistente social Sueza Oldoni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.